Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \19\UTC 2013

MEA MAXIMA CULPA

voce-tem-culpa-de-que_TheWhiteLight

Eu me considero uma pessoa muito cética. Até gostaria de ser diferente, mas não sou. Não acredito em muita coisa. Especialmente nas coisas religiosas, da maneira como os religiosos as expõem. Acho mesmo que falta muito, muito conhecimento a todos nós, seres humanos, para que possamos nos arvorar a ditar isso ou aquilo a respeito de Deus.
Quando ouço algumas pessoas falando e defendendo, cada uma, a sua própria religião ou crença, penso nos aspectos culturais dessa questão. Sim, porque poderíamos ter nascido em outro lugar, outro país. E aí, sequer saberíamos a respeito de Jesus.

Mas não estou aqui pra discutir religião. Eu também tenho apenas o meu parco conhecimento acerca dos mistérios entre o céu e a terra. Cada um tem o direito de acreditar no que quiser.
O que tem me incomodado muito é o quanto as pessoas associam doenças à religião. Mais especificamente, o quanto as pessoas associam as doenças, especialmente o câncer, a castigo divino. No outro extremo, tem os que acreditam que o câncer seja uma bênção. Um presente enviado por Deus para que, por meio dele, possamos aprender alguma coisa.

Sinceramente, acho isso de uma ignorância imensurável. Pra mim, o câncer, assim como outras doenças são simplesmente manifestações físicas com origens biológicas e genéticas.
Afinal, quem pode dizer que está livre de ser acometido por uma doença grave? Quem se julga assim tão acima de tudo a ponto de acreditar que jamais poderá ser acometido por um câncer? Pelo que tenho visto, gente de todo tipo pode manifestar a doença. Mulheres e homens bonitos ou feios, artistas, ricos, pobres, pretos, brancos… ninguém está livre. Pode acontecer com qualquer um.

De verdade, me chateia muito os conceitos e pré conceitos das pessoas sobre o câncer. Já escrevi aqui sobre isso, mas a cada novo comentário que recebo ou a cada palavra que alguém profere com tais disparates, fico mesmo muito irritada. Já ouvi muita besteira a respeito. De todas as formas, a essência é a mesma… tentam culpar os doentes por terem desenvolvido a doença.

Tenho lido e ouvido muita besteira por aí. Especialmente com relação aos políticos. E é lamentável perceber como algumas pessoas parecem até gostar de saber que um deles está com câncer. Aconteceu assim no caso do Lula. Ah, finalmente o “ladrão” está pagando…
Vi pessoas até desejando que ele fosse morto pelo câncer! 
Bem, eu votei no Lula. Não me envergonho nem me arrependo disso. Mas, nesse caso, devo estar pagando junto com ele, né? Que coisa mais triste e ignorante, gente!!!

O câncer, assim como as demais doenças, faz parte da vida. Ou será mesmo que existiria um Deus tão cruel e injusto assim? Um Deus que faria diferença entre seus filhos, suas criaturas, sendo bom para uns e mau para outros?
Já vi muita gente boa morrer de câncer. Enquanto outras nem tão louváveis assim estão aí, cheias de vigor. Mães e pais zelosos e amorosos perdem seus filhos para o câncer. Muitas e muitas pessoas têm câncer sem ter cometido crime algum. Claro, há explicações lógicas em muitos casos. Fumar três maços de cigarros por dia, por exemplo, coloca a pessoa num grupo enorme de risco de ter câncer no pulmão. Mas o resto, amigos, não passa de especulação com a dor alheia, numa tentativa vã de explicar o que nem a ciência conseguiu explicar ainda.

Quem acredita no câncer como castigo de Deus, deve se julgar impecável, não é? Sim, porque se eu tenho câncer e você não, então eu sou pecadora e você é perfeito. Infelizmente, as pessoas ainda acham que os erros são divididos em dimensões ou então não conseguem enxergar as próprias falhas.
A verdade é que somos todos iguais. Diante das doenças, diante do câncer, estamos todos no mesmo nível. Estamos todos sujeitos e ter um. O câncer não é um castigo pelos nossos pecados nem um aviso de alerta enviado por Deus pra nos dar a chance de nos tornarmos pessoas melhores. Sim, existe a possibilidade de, por conta da doença, olharmos mais para dentro de nós mesmos, avaliar melhor nossa vida e, com isso, optarmos por realizar mudanças em nossa maneira de ser e de viver. Mas, fora isso, gente, o câncer é apenas uma doença. A que todos estamos sujeitos.

Então, ao invés de ficar olhando os defeitos, os pecados, os erros do próximo, que tal sairmos de cima do próprio rabo?

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: