Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \21\UTC 2015

E agora o inimigo pediu reforços.
Há 4 meses, fiz a cirurgia de retirada de duas costelas. Já achei que tava pagando com juros, mas Adão cobrou mais. Cobrou juros sobre juros.
Foi uma cirurgia difícil, um pós muito doloroso. Já com mais de 3 meses, eu ainda sentia muita dor, um incômodo enorme que nunca deixou de me acompanhar desde então. Comecei a ficar com vergonha de me queixar e as pessoas me acharem muito mole. Então, apesar de estar até tomando morfina, fui aguentando, achando que era normal.
Retornei há poucos dias à minha médica pra avaliarmos a cirurgia, repetir o PET e ver o que faríamos dali em diante. O resultado foi um enorme susto. Adão se mudou. Mas mandou novos inquilinos, muitos.

Adão
Quase não reconheci minha imagem no PET, parecia um dálmata. Mais de 20 pontos de metástases espalhadas pelo tronco. Foi um choque muito grande. Até então, nesses mais de 10 anos de luta, sempre aparecia alguma coisa, mas esporadicamente, um ou outro nódulo. E agora, em menos de 4 meses…

PET

Eu sempre soube que o melanoma é assim mesmo, agressivo e traiçoeiro. Mas não imaginei que fosse tanto. A equipe de oncologia optou por um novo tratamento com interleucina. Fiquei com bastante medo. Seriam necessárias internações de 5 dias a cada 15, para a aplicação da medicação. Eu teria que ser monitorada o tempo todo, pressão, batimentos, respiração, etc.
Seria o bastante pra apavorar qualquer um, mas não foi. Minha médica pediu uma ressonância do crânio pra eliminar qualquer outra surpresa. E não eliminou. A ressonância mostrou metástases cerebrais. Acho que eu não tinha mais espaço no coração pra tanto susto e minha reação foi até meio estranha. Fiquei me sentindo meio “abobada”, como se estivessem falando de outra pessoa e não de mim.
Diante desse novo quadro, o planejamento inicial com interleucina mudou, e desde então estou sendo submetida à radioterapia em altas doses.

Como sempre conto aqui, sou a rainha dos efeitos colaterais, então, já na primeira, senti um pouco de náusea, cansaço e uma sensação meio de estar aérea, como se minha cabeça estivesse oca. Acredito que, em parte, são efeitos das medicações. Estou tomando anti convulsivos, analgésicos, antidepressivo, remédio pra dormir e até pra Alzheimer, vê se pode. Eu que sempre me gabei da minha memória de elefante…
A rádio no cérebro é inquietante. Não doi, mas tenho que usar uma máscara, moldada de acordo com o formato da minha cabeça e fico totalmente imóvel. Dá um certo pânico.

Máscara
Estão programadas 10 sessões para a cabeça e 8 para o tronco. Depois será feita uma avaliação dos resultados.

Sinceramente, não sei definir o que estou sentindo. Eu, que chorava até em comercial de sabão em pó, não derramei uma lágrima. Meus pensamentos estão desconexos, o corpo parece estar mole, como se meus músculos estivessem todos se afrouxado. Sinto um cansaço enorme, mesmo estando sentada ou deitada.

Como sempre, tenho tido apoio incondicional. Minha família que vou amar por todas as vidas que por acaso existam, não me desamparam nunca. Meus amigos, reais, virtuais, de longe, de perto, sempre numa enorme corrente de fé e força por mim. Isso não tem preço, gentemmm!!!
Agradeço, do fundo da minha alma a cada um de vocês. Nem sempre estou respondendo às mensagens, telefonemas, mas sei que vocês entendem. Não está sendo fácil às vezes, nem me expressar direito.
Mas continuamos juntos. Até que Deus decida o que é melhor pra todos nós.
Amo vocês!!!

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: